Pedreira

(7) Derradeiro Duelo de Boxistas, com Albert Tannat

_ Senhor Tannat, comecei, permiti_me vir até si e,
no entanto, creio necessário declarar_lhe que a arte prefiro,
de longe, o boxe, por exemplo.

A arte, a arte, estou_me nas tintas para a arte/ Merda, torno/me terrivelmente grosseiro nestas alturas __ e, no entanto, sinto que não supero nenhum limite, pois sufoco ainda.

Estava em Zürich quando existiam tigres, leões e girafas e pensava que a ciência engendrava os seus mamutes e que não víamos senão elefantes.

A arte não existe, sem dúvida _ é portanto inútil decantá/la / no entanto/ faz/se arte-- porque é assim e não assado/ badidon, Monsieur Tannat- que é que se lhe há_de fazer???

Punch me ))))))))))))))





Tânger é o local
que desembarcou e decidiu ficar, nessas ruas cobertas de uma poeira castanha,
e densa onde assenta e repousa a sujidade negra da cidade.

É aqui que Tannat se cruza
com o mundo do boxe.
Entretanto em meios restritos, ambientes duvidosos e viris,
re-encontrando memórias em ringues ilegais,
criando fantasias em noites de loucura, em armazéns abandonados,
em ambientes opiáceos,
de fumo e de pó.

Onde as visões se transformam em duelos híbridos e primitivos,
onde o cheiro a carne é tão FORTE! (pausa)
que desmaia numa embriaguez de corpos transmutados e
empoderados num ringue de boxe.

Acorda rodeado de palmeiras. Inicia um processo de pintura adicto 
e a partir daí os símbolos transformam-se, os corpos e os ambientes já não são os mesmos.





É uma exposição que une elementos performáticos
ou uma performance que une elementos expositivos.
Além de uma nova materialização pictórica e escultórica do imaginário de Albert Tannat,
desta vez surgem mais personagens que corporificam, através dos seus imaginários, três duelos de boxistas, in loco.

A existência de diferentes estéticas e formatos, a maneira como se fundem e como se repetem, como se tocam e como se afastam, como co-habitam, transforma-se numa experiência íntima entre todas as obras no espaço.




folha de sala
aqui





sessão híbrida
exposição em formato
performativo



curadoria 
Mariana Frazão
Marina Rei
Filipa Nunes



boxistas
Donatella Dessaster
Bloody Mary
Princess Del Norte
Narcisa y Alter Ego
Reinal Del Waters



calcōes y balaclavas de combact
tilllo


treinadores
O Bekas
A Pau



coordenação
MC Frijolito
Mana Terra


security team
Caro
Rui Nó
Andreas Stullen



sonorizada por
CATSUP
Lowslvng



dealer apostas
Flávio


hot dogs dealer
Confúcio


data
28 de Agosto 2021
Pedreira
Campanhã, Porto